luiz_marins_05_09

Um dos maiores erros que cometemos como brasileiros é confundir Pátria com governo – confundir o Brasil com aqueles que num determinado momento da história nós, o povo, elegemos para governar o Estado brasileiro. Com essa confusão não conseguimos ver o Brasil, nossa Pátria e por isso temos dificuldade em comemorar a “Semana da Pátria”. Com essa confusão na cabeça dizemos não ter o que comemorar diante de tantos problemas, tantas mazelas, tanta corrupção, desemprego, etc.

Ora, é preciso estar atento para a realidade de que não iremos, nem somos pedidos, nem mesmo devemos comemorar neste sete de setembro a “Semana do Governo” e sim a “Semana da Pátria”, do Brasil, que, é permanente e não transitório como os governos que, repito, nós, o povo, elegemos. E qualquer pessoa de bom senso sabe que temos muito a comemorar em relação à nossa Pátria, ao Brasil, mesmo que tenhamos muito pouco a comemorar em relação ao governo.

Somos a quarta maior democracia do mundo em número de eleitores, após a Índia, Estados Unidos e Indonésia (o maior país muçulmano do mundo, que realizou sua primeira eleição democrática somente em 2004). Todos os nossos governantes do Poder Executivo e Legislativo foram eleitos por nós. Nossas instituições são sólidas e estão funcionando, bem ou mal, e se há alguma culpa a ser atribuída pelos desacertos desses governantes é sempre importante lembrar que fomos nós, como povo, como maioria, que os elegemos para nos governar. Assim, por mais difícil que seja a vida num país democrático, todos os maiores estudiosos do mundo são unânimes em dizer que não há nenhum regime de governo melhor que a democracia, mesmo com todos os seus defeitos.

Assim, nesta semana da Pátria de 2015 temos que comemorar muito, principalmente com uma profunda reflexão sobre a importância de votarmos bem, de escolhermos bem nas mãos de quem colocaremos em cada eleição a gestão de nosso futuro. Só cabe a nós essa escolha. Temos que amadurecer como povo para que não nos deixemos enganar com mentiras e promessas que jamais serão cumpridas, alardeadas em campanhas milionárias feitas com dinheiro, muitas vezes fruto de corrupção.

Nosso Brasil é rico demais, abençoado demais. Nosso povo é bom demais, muitas vezes ingênuo demais. O povo brasileiro é honesto, trabalhador, leal, religioso. Nesta semana da Pátria não podemos confundir o Brasil com os maus brasileiros, com os corruptos, com os criminosos, com os mentirosos, com os que se aproveitam da boa fé das pessoas simples e humildes. O Brasil vale a pena! O Brasil merece o nosso amor e o nosso respeito! E a melhor forma de demonstrarmos esse amor é votar bem, votar com consciência, votar pensando no futuro do Brasil para que um dia sejamos o “País do Presente” e não somente um eterno País do Futuro.

Pense nisso. Sucesso. Feliz semana da Pátria!

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

luiz_marins_17_08

Há anos venho dizendo que é necessário e altamente motivador para os colaboradores, a avaliação de desempenho. Mas igualmente tenho alertado para que essa avaliação seja simples e eficaz e, obviamente, justa. Enfatizo isso porque tenho visto avaliações complexas e pouco eficazes que dão ao avaliado uma grande sensação de injustiça.

Recebi de um telespectador de Piracicaba, SP, uma mensagem em que relata fazer, já há algum tempo, a avaliação de desempenho de seu pessoal com base nos três critérios de avaliação que tenho defendido: (a) o comprometimento; (b) a atenção aos detalhes e (c) o follow-up up imediato. Assim, relata ele, as chefias, trimestralmente, fazem a avaliação de seus colaboradores e para cada um dos critérios eles avaliam cinco itens. No critério Comprometimento eles avaliam: pontualidade; assiduidade; apresentação; cortesia e bom senso. No critério Atenção aos Detalhes eles avaliam: foco no cliente; rapidez; cumprimento; postura e iniciativa. No critério follow-up up imediato (que eles avaliam como resposta imediata) visão; registro; resposta; proposta e “acabativa”. Após receber as avaliações das chefias, a diretoria indica os colaboradores que são “Destaques & Performances” do trimestre que recebem um troféu personalizado juntamente com uma carta endereçada à família do colaborador congratulando-o pela conquista, relata José Maria Donatti, da Vecol, uma concessionária de veículos.

Vejam que essa avaliação é simples e eficaz. Com base nos três critérios de avaliação você terá um guia para desdobrá-los de acordo com a realidade da sua empresa, do seu negócio, daquilo que você realmente quer como desempenho de seus colaboradores. Outro aspecto importante é realizar essa avaliação no mínimo duas vezes ao ano. Minha sugestão sempre foi a de se fazer uma primeira logo após o carnaval e outra em agosto, no início do segundo semestre.

A avaliação de desempenho formal é altamente motivadora para os colaboradores em todos os níveis. Eles precisam ouvir, diretamente de suas chefias, suas virtudes e defeitos segundo a visão da empresa. Isso fará com que eles possam tomar decisões a respeito de sua própria carreira profissional e mesmo de sua vida. Muitas vezes, a partir de uma avaliação de desempenho as pessoas decidem mudar seu comportamento pois, embora acreditem não estar fazendo nada errado, elas tomam consciência de que estão sendo vistas de uma forma diferente daquela em que se veem a si mesmas. As imagens que temos de nós próprios nem sempre são as imagens que as outras pessoas têm de nós ou que gostaríamos que tivessem. A avaliação de desempenho pode ajudar esse ajuste e nos tornar mais competentes e felizes.

Pense nisso. Sucesso!

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

luiz_marins_11_08

Pesquisas recentes têm mostrado que dentre os fatores que levam pessoas à depressão, ao desinteresse pela vida, ao sentimento de vazio no trabalho, à desmotivação afetiva, ao uso de drogas de todos os tipos – do abuso do álcool às mais pesadas – está o sentimento de não inclusão, de não se sentir parte, de se sentir inútil, de não fazer falta a ninguém, de solidão.

Assim, dizem os especialistas em comportamento humano, é preciso reconstruir nossas relações em todos os níveis: com nossos familiares mais próximos e mais distantes, nossos amigos, nossos vizinhos, colegas de trabalho, etc. É preciso sentir-se membro útil de uma comunidade, ter um sentimento de pertença.

O problema, dizem as pesquisas, é que os relacionamentos virtuais, “internéticos”, via máquinas, não resolvem o nosso sentimento de vazio e solidão. O ser humano precisa relacionar-se fisicamente com outros seres humanos para ser feliz e sentir-se realmente membro ativo e querido de um grupo, de um time.

Estudos comprovam que as pessoas mais felizes e que se dizem realizadas em todos os campos da vida são aquelas que possuem uma rede significativa de relacionamentos reais. Com o advento do mundo eletrônico, o número de pessoas reais com quem realmente podemos contar e classificar como “amigas” vem diminuindo através dos anos. Temos dezenas de amigos virtuais e cada vez menos verdadeiramente reais. Vivemos uma solidão no meio de muitos.

Nesta semana, pense em refazer suas relações com pessoas reais. Marque uma reunião, um churrasco ou qualquer coisa com seus amigos de infância, de juventude, de escola, etc. Visite um parente esquecido ou ligue para ele ou ela. Visite um amigo ou amiga. Diga um gostoso “bom dia” para seu vizinho, colega de trabalho ou mesmo ao motorista de ônibus ou alguém de carne e osso que com certeza está sentido a mesma solidão e vazio por falta de relacionamentos reais, gentilezas, cortesias ou uma simples palavra amiga ou um sorriso. Faça isso. Você será mais feliz e fará alguém se sentir mais gente!

Pense nisso. Sucesso!

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Feliz Dia dos Pais

email

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Prodoeste Pouso Alegre comemora o Dia do Motorista

No último sábado, dia 25 de julho, a Prodoeste Veículos de Pouso Alegre reuniu clientes e parceiros em uma grande confraternização para comemorar o Dia do Motorista.

Foram distribuídos brindes, houve sorteio de prêmios e, no final do dia, um show de encerramento com a dupla Zé Augusto e Gustavo

A Prodoeste agradece a parceria das seguintes empresas: 4 Truck Implementos Rodovíarios, Banco Mercedes-Benz, Carrocerias Costa, Jota Implementos Rodoviários, Rhoma Diesel, Rodobens e Trucks Helio.

01 07 14 19

Veja todas as fotos na fan page da Prodoeste.

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

FESTA DE SÃO CRISTÓVÃO NOS POSTOS PRODOESTE

Na última semana as comunidades de Formiga e Uberaba se reuniram nos Postos Prodoeste para celebrar o dia de São Cristóvão.

No domingo, dia 26, em Formiga a festa teve início com uma carreata de aproximadamente 350 veículos, partindo do posto, localizado às margens da MG-050, com destino à comunidade de Papagaios. No local foi celebrada uma missa, seguida de almoço e show. O evento reuniu mais de duas mil pessoas.

006 007 012 003

Já em Uberaba houve uma agitada programação religiosa e social durante toda a semana. Nas depedências do Posto Prodoeste, foi feita uma homenagem aos motoristas e motociclistas, com distribuição de brindes e bingo. No sábado, dia 25, houve uma missa no pátio do Posto, seguida de uma grande carreata. E no domingo, aconteceu uma inédita procissão em louvor ao padroeiro dos motoristas pelas ruas do bairro Retiro dos Bandeirantes.

009 010 011 015 008

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Festa de São Cristóvão 2015

sc

No próximo domingo, dia 26, será realizada a já tradicional Festa de São Cristóvão na comunidade de Papagaios.

O evento terá início com uma carreata partindo do Posto Prodoeste às 9 horas, com destino à comunidade, seguida de uma Santa Missa, almoço, churrasco e futebol. A partir das 15 horas acontecerá um show com a dupla Nova Opção.

Durante o evento, o Grupo Imaculado do Trecho fará uma campanha de alimentos não perecíveis que serão destinados à Santa Casa.

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

luiz_marins_20_07

Conversando com empresários, industriais e investidores estrangeiros que tinham planos já definidos e aprovados para investimentos de longo prazo no Brasil, fiquei impressionado ao ver que, de forma unânime, eles falaram da sua profunda decepção com o que vem acontecendo com o nosso País— desarranjo total da economia, corrupção, desemprego, destruição do valor da Petrobras, crescimento negativo do PIB, etc.— afirmando que não veem outra alternativa a não ser buscar outro local para receber esses investimentos diretos produtivos. Todos reforçaram a palavra “decepção” pois acreditavam que desta vez “o Brasil iria marcar o tão esperado gol de se transformar num país desenvolvido, pois a bola estava na área”. Alguns me disseram da surpresa em ver a capacidade das autoridades brasileiras em cometer erros grosseiros na economia sem prever suas consequências. “Vamos ter que esperar mais para ver o que vai acontecer”, me disse um investidor europeu, que sempre se disse fã de nosso País e o qualificava como a melhor opção de investimento do mundo de hoje.

É claro, afirmam eles, que o Brasil continua tendo vantagens estratégicas comparativas muito grandes em relação aos nossos concorrentes emergentes: “(a) não tem problemas étnicos ou religiosos sensíveis; (b) não tem problemas de fronteira; (c) é uma democracia constitucional consolidada; (d) tem um setor agropecuário e do agronegócio considerado dos melhores do mundo – tem terra, sol e água em abundância para produzir alimentos, sem cataclismos naturais como terremotos, vulcões, etc.; (e) tem um mercado interno pronto para consumir assim que as pessoas tenham recursos; (f) fala um único idioma. Isso para citar apenas algumas dessas vantagens estratégicas”, completaram. E vem exatamente daí a grande decepção: como um País com tantas vantagens pode errar tanto?

Depois de ouvir esses comentários todos, fiquei com a pergunta: e nós, brasileiros, o que podemos fazer? Nós povo; nós trabalhadores; nós empresários; nós que não somos políticos, o que fazer?

Acredito que para nós, os simples e mortais brasileiros, além do voto que só podemos exercer nas eleições, nos resta o direito de protestar e de espernear e fazer chegar nossa indignação àqueles em quem votamos e que devem nos representar. E, aos que ainda não perderam o emprego, resta trabalhar, trabalhar, trabalhar para que, através do nosso trabalho duro, competente e honesto, possamos evitar que o desemprego aumente, a economia piore e a crise se aprofunde ainda mais se transformando num caos total que, certamente, não interessará a ninguém. Com tantas vantagens estratégicas comparativas, temos que acreditar que um dia, ainda deixaremos de ser “o País do futuro” para ter o presente que merecemos.

Pense nisso. Sucesso!

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Faça parte da nossa equipe!

2015_07_16

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Posto Prodoeste comemora o Dia do Caminhoneiro

No último dia 30 de junho, Dia do Caminhoneiro foi comemorado com uma tarde de muitas atividades no Posto Prodoeste de Uberaba.

O evento foi realizado em parceria do Sest/Senat, e os clientes puderam contar com aferição de pressão arterial, orientações sobre bem estar e distribuição de brindes.

01 02 03 04 05

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário