Esteja sempre preparado

Profº Luiz Marins
 
Alberto trabalha numa multinacional há 12 anos. Certo dia foi chamado à diretoria e lhe foi comunicada sua promoção a gerente. Além da promoção ele iria fazer um estágio na matriz da empresa no exterior e poderia levar toda a família. Alberto se emocionou com a notícia pois morar no exterior com a família era um de seus maiores sonhos. Quando foi perguntado a ele se falava inglês ou ao menos tinha algum conhecimento do idioma, constrangido ele disse que nunca havia estudado inglês. Ao ouvirem isso, os diretores se entreolharam e disseram a Alberto que ele não poderia ser promovido, pois essa função exigia conhecimentos de inglês.

 
Conversando com o Alberto, que me contou toda essa história, ele me disse que o idioma internacional de sua empresa era o inglês e ele sabia disso. Disse-me também que a própria empresa oferecia, gratuitamente, cursos de inglês aos seus colaboradores e que ele nunca havia se interessado. O tema desta mensagem foi ele próprio quem me sugeriu.

 
Vejo a história do Alberto se repetir com muitas pessoas. A verdade é que temos que nos preparar para o futuro, para as oportunidades que possam surgir, investindo em nosso desenvolvimento pessoal e profissional.

 
A mitologia nos ensina isso quando nos fala de Kairós, o deus da oportunidade, que era filho de Zeus – o deus dos deuses e de Tykhé, a divindade da fortuna e prosperidade. Era um belo jovem calvo com um cacho de cabelos na testa. Atleta, ele tinha uma agilidade incomparável. Sempre sem roupas, ele corria rapidamente e só era possível alcançá-lo agarrando-o pelo topete, ou seja, encarando-o de frente. Depois que ele passava, era impossível perseguí-lo, pegá-lo ou trazê-lo de volta. Kairós tinha o poder do movimento rápido que podia passar despercebido aos olhos desatentos, tornando impossível recuperar a visão de sua passagem. Dada à sua natureza difícil, raramente proporcionava uma segunda chance.

 
Assim, veja que a oportunidade, se deixada passar, é irrecuperável. Daí a importância de estarmos sempre preparados para o momento em que ela passar, muitas vezes correndo, como diz a mitologia. Se não agarrarmos a oportunidade será sempre por nossa culpa, por nossa desatenção ou despreparo. É preciso, pois, estar preparado e atento. É preciso constantemente investir em nossa capacitação profissional e no aperfeiçoamento contínuo de nosso conjunto de crenças e valores com base em virtude elevadas.
Pense nisso. Sucesso!

Anthropos – Antropologia Empresarial
anthropos.com.br

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma resposta